Excidium "Infecting the Graves Vol. 1"

Publicado em: 17/12/2013 - 15:14

Publicado originalmente no blogue themetalnightstalker.blogspot.com.br em 14.03.2013.

Durante os anos oitenta quase não se ouvia falar da Itália em matéria de heavy metal (ao contrário do punk, gênero no qual os italianos sempre foram ativos). Tirando nomes como Bulldozer e Necrodeath, pouquíssimas bandas alcançaram reconhecimento fora do círculo de tape-traders mais dedicados. O Excidium pertencia ao grupo dos desconhecidos. A Despise the Sun Records, gravadora e distribuidora famosa por sua militância no brutal death metal, fez-nos o favor de desenterrar os italianos das areias do tempo. Nessa compilação temos duas demos e um ep.
Em Symphonies of Death, demo de 1987, o Excidium destila um excelente e mortal deaththrash, lembrando o que o brasileiro Mutilator fazia na mesma época, embora os italianos sejam menos crus e apresentem uma influência muito mais forte de Slayer (fase Reign in Blood). A faixa White Chapel 1888 (http://www.youtube.com/watch?v=ndLMsY4DPqE) se destaca, com uma parte mosheada no meio que é de levantar defunto pogando do caixão. A outra demo, Virus Tenebrarum, de 88, embora vá na mesma linha, com a adição de alguns momentos mais melódicos, não tem a mesma intensidade. Ainda assim é legal. Já no ep Infecting the Graves, lançado originalmente em 92 pela fancesa Adipocere, o Excidium limou do seu som a influência thrash e abraçou totalmente o death metal, numa veia mais cadenciada. O resultado, contudo, não agrada e talvez tenha contribuido para o fim da banda.
De se lamentar que não tenham sido incluídas as demos Antropophagy, de 90, e Defunto, de 91. Um lançamento em cd duplo com esse material compelto seria muito bem-vindo, dada a evidente qualidade da banda, especialmente em sua fase deaththrash. Recomendado!


Symphonies of Death - demo 1987

Deixe seu comentário